Publicidade

Scouts de Vasco 1 x 1 Resende

 
Olá Cartoleiros!

O CARTOLAFCDICAS.COM mostrou ao vivo os Scouts de Vasco 1 x 1 Resende, pelo Campeonato Carioca 2012.


No domingo de homenagens ao humorista vascaíno Chico Anysio, que morreu na sexta-feira, o Vasco empatou em 1 a 1 com o Resende, em São Januário, e não deu muitos motivos de sorrisos para sua torcida. Alecsandro fez o gol cruz-maltino, mas voltou a perder um pênalti, o terceiro seguido. Elias marcou para o time sul-fluminense, que soma nove pontos e está em quarto lugar no Grupo A. O Vasco foi para oito pontos e caiu para a segunda posição no B. O líder agora é o Bangu, que tem nove.

Os atletas cruz-maltinos entraram em campo com nomes de personagens imortalizados por Chico no uniforme. Juninho, por exemplo, foi o Professor Raimundo. Antes de a bola rolar, o telão da Colina exibiu uma imagem do humorista e os jogadores entraram com uma faixa com os dizeres "Obrigado por tudo Chico, um vascaíno para sempre". A torcida também fez sua parte ao gritar "Ah, é Chico Anysio".

O Vasco volta a campo no sábado, dia 31 de março, para encarar o Macaé no estádio Moacyrzão. No mesmo dia, o Resende encara o Americano no estádio do Trabalhador.

Elias coloca o Resende na frente


O Vasco teve a iniciativa do jogo desde o início, mas o Resende não se limitou a se defender. Quando puxava contra-ataques em velocidade, levava perigo para a defesa cruz-maltina. Os donos da casa apostavam nas jogadas pelas laterais e, de cabeça, estiveram perto de abrir o placar por duas vezes. A primeira com Diego Souza após bela trama organizada por Allan e Fagner, e a segunda na cabeçada de Dedé após cobrança de escanteio.

Com pouca inspiração e uma certa lentidão no ataque, o Vasco via o Resende explorar com perigo o espaço deixado pela defesa, especialmente pelo lado esquerdo. Foi por lá que Wellington cruzou na medida para Marcelo Régis pegar de primeira e obrigar Fernando Prass a se virar para espalmar e salvar a equipe. Foi o ensaio. Pouco depois, aos 28 minutos, Marcelo Régis avançou, deu o passe para Elias só empurrar para rede: 1 a 0. Fagner ainda tentou dar um carrinho para cortar, mas não chegou em tempo.

O time cruz-maltino teve que se lançar de vez ao ataque para tentar minimizar o prejuízo, mas tinha muita dificuldade para entrar na área do Resende. Antes do fim do primeiro tempo, Alecsandro teve uma boa chance, mas o chute fraco, de perna esquerda, não foi capaz de vencer o goleiro Mauro.

Alecsandro perde pênalti, mas depois faz de cabeça

Na volta do vestiário, o técnico Cristóvão Borges fez duas modificações no time: Felipe e Eder Luis entraram nas vagas de Juninho e Fagner, que foram poupados. Allan passou a atuar na lateral direita. Se estava difícil para os atacantes, Dedé tentava dar sua contribuição também na frente. logo no início da segunda etapa, o zagueiro fez sua sétima roubada de bola, tabelou com Eder e entrou na área para finalizar. O goleiro Mauro conseguiu impedir o gol do Mito.

A melhor chance vascaína não demorou acontecer. Aos dez minutos, Thiago Feltri caiu na área e o árbitro deu pênalti de Wellington. Alecsandro foi para a bola e Mauro defendeu a cobrança. É o terceiro seguido que o camisa 9 desperdiça - contra o Alianza Lima, pela Libertadores, ele falhou duas vezes.

A última tentativa de Cristóvão de mudar o panorama foi colocar Abelairas no lugar de Diego Souza, que teve mais uma atuação apagada e foi vaiado por parte da torcida ao ser substituído. O meia argentino deu um bom lançamento para Alecsandro, que desviou de cabeça e mandou para fora. Na segunda chance que teve, o camisa 9 não falhou. Aos 35, Allan cruzou na medida e o atacante mandou para a rede: 1 a 1. Na comemoração, mostrou sua camisa com o nome do personagem Nazareno, de Chico Anysio.

A equipe vascaína fez uma grande pressão até o fim do jogo, mas não conseguiu a vitória.


Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade