Publicidade

Scouts de Guarani 3 x 2 Palmeiras

Olá Cartoleiros!

CARTOLAFCDICAS mostrou ao vivo os Scouts de Guarani 3 x 2 Palmeiras, jogo válido pelo Campeonato Paulista.
Scouter: Shaft
A semifinal do Campeonato Paulista terá um dérbi, mas a cerca de 90 quilômetros de São Paulo. Depois de um primeiro tempo horrível de Guarani e Palmeiras, o Bugre foi muito superior no segundo tempo, construiu um justo 3 a 2 neste domingo, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, e vai pegar a Ponte Preta na próxima semana. Os dois “favoritos” da capital, Verdão e Corinthians, terão de assistir ao eletrizante clássico de Campinas pela televisão.

Fabinho, o homem do jogo, fez dois gols. Fumagalli marcou um golaço olímpico. Marcos Assunção e Henrique diminuíram para o Palmeiras. Enquanto a equipe de Oswaldo Alvarez se mostrou consciente e contou com grande atuação do ataque, o Verdão apresentou as velhas falhas no sistema defensivo e está eliminado. O time do Palestra Itália ainda saiu reclamando muito da arbitragem de Vinícius Furlan - os jogadores chegaram a cercar o juiz, reclamando uma falta em Marcos Assunção no lance que originou o terceiro gol do Bugre.

O Guarani vai encarar a Ponte em data a ser definida nesta segunda-feira pela Federação Paulista de Futebol. Já o Palmeiras terá de se concentrar na Copa do Brasil: na quarta-feira, encara o Paraná Clube, pela primeira partida das oitavas de final.

Medo de vencer


O técnico Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, surpreendeu ao escalar Luan no ataque, ao lado de Barcos. Enquanto treinava com dois centroavantes durante a semana, Felipão escondeu o atacante (que se recuperava de lesão) e o colocou na função tradicional: muita correria e explosão pelo lado esquerdo do campo. Do outro lado, Vadão dizia já esperar alguma surpresa do colega, e por isso não se incomodou.

No início, Guarani e Palmeiras se retraíram, um esperando o erro do outro. O Verdão tentou conduzir um pouco mais a bola, com a qualidade de Daniel Carvalho e Marcos Assunção. Luan, ainda sem ritmo, cansou rapidamente. Atrás de um dos gols do Brinco de Ouro, cerca de 4.400 palmeirenses não pararam de cantar, mas se irritavam a cada erro de passe que interrompia um lance perigoso.

Depois do “estudo” inicial, os dois times se soltaram um pouco mais, mas sem muita convicção. O jogo ficou sofrível, e as chances só apareceram mesmo nos erros das duas defesas. Hernán Barcos, que travou duelo particular com Domingos, aproveitou uma falha do zagueiro para quase abrir o placar – Luan, no rebote, desperdiçou. Minutos depois, Daniel Carvalho exigiu a única defesa difícil de Emerson no primeiro tempo.

O Bugre investiu na principal deficiência do Palmeiras: a bola aérea. A troca de Leandro Amaro por Maurício Ramos melhorou a performance da defesa do Verdão, mas ainda houve sustos. Por baixo, o arisco Fabinho tentou confundir a zaga palmeirense, sem sucesso. A chave era mesmo jogar a bola na área de Deola – duas boas oportunidades surgiram assim. Nada que empolgasse o torcedor bugrino, que vibrou mais com os carrinhos de Domingos do que com os lances perigosos.

Temos um jogo!

O descanso do intervalo fez bem demais às duas equipes, principalmente ao Guarani. Depois de 45 minutos de marasmo, o jogo, enfim, começou. Avassalador, o time de Vadão passou a marcar a saída de bola do adversário e levantou a torcida, que estava aflita, mas começou a acompanhar o ritmo da equipe da casa.

Logo aos 5 minutos, a pressão deu resultado. Fumagalli bateu um escanteio venenoso. A zaga não subiu, Deola não achou a bola, e ela beijou a trave antes de entrar. Golaço olímpico no Brinco de Ouro, que a torcida mal teve tempo de apreciar. Três minutos depois, em um contra-ataque fulminante, Oziel deixou Henrique para trás e cruzou rasteiro para Fabinho escorar. Loucura total na torcida do Guarani, velório na arquibancada do visitante.

O alívio bugrino durou um minuto. Aos 9, o jogo já estava 2 a 1, com Marcos Assunção aproveitando um rebote na pequena área – além de bater faltas e escanteios, o capitão ainda faz as vezes de centroavante.

Vendo a situação se complicar e sem alternativas, Felipão chamou Valdivia, que está longe de sua melhor forma. O volume de jogo do Palmeiras aumentou, e o recuo exagerado do Guarani deu a impressão de que os 30 minutos finais se tornariam um ataque contra defesa. O problema é que o Verdão foi à frente mais na base da disposição, sem nenhuma organização. A ordem era chutar de qualquer lugar – Assunção, Luan e Barcos tentaram, martelaram, mas não marcaram.

Fernandão entrou para aumentar a estatura dentro da área, indicando o desespero de um Palmeiras prestes a ser eliminado. Antes encurralado na defesa, o Bugre aproveitou um contra-ataque, quase marcou o terceiro, e abusou da cera para esfriar a reação adversária. Mais assustado, o Verdão se perdeu psicologicamente e não conseguiu criar qualquer chance perigosa no fim. Nos acréscimos, Fabinho, o melhor em campo, aproveitou mais uma falha de Deola, que não conseguiu alcançar a bola, para fazer 3 a 1. Henrique diminuiu no último minuto, mas não havia tempo para uma reviravolta.

Fonte: Globoesporte.com

19 comentários:

  1. O palmeiras novamente decepsionou, eu estava convicto que o palmeiras ganharia esse jogo com estilo, porem não foi o que aconteceu.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo scout Shaft fico da hora!

    ResponderExcluir
  3. destaques da partida = marcos assunção mitando como sempre henrique pelo palmeiras e pelo gurani fabinho e fumagali....

    ResponderExcluir
  4. Uma semifinal entre times que eram favoritos em seus jogos - Santos x São Paulo

    Uma semifinal entre times que não eram favoritos em seus jogos - Guarani x Ponte Preta.


    Na minha opinião a final vai ser entre Santos x Ponte Preta!

    ResponderExcluir
  5. Palmeiras decepcionou realmente, com suas contratações não estpa conseguindo encantar.
    fazendo uma análise técnica agora, o Cicinho Lateral direito, será uma boa opção para o cartola !! ST

    ResponderExcluir
  6. Palmeiras está com problemas que passa das 4 linhas, e quando o problema não é nas 4 linhas, pra arrumar demora demais.

    ResponderExcluir
  7. Final vai ser São Paulo x Ponte Preta, e São Paulo campeão paulista, to prevendo isso.

    ResponderExcluir
  8. Caike, o Guarani vai atropelar a Ponte Preta, só pq eliminou o Curintia.

    Segunda vamos ver.

    ResponderExcluir
  9. Tem razao sam, o palmeiras nao contratou bem

    ResponderExcluir
  10. Valeu shaft, voce ausentou por um tempo mas esta de volta com tudo vlw

    ResponderExcluir
  11. É mesmo, Palmeiras acho que ficou com ciumes do Corinthians e perdeu para o Guarani, Palmeiras nao vem apresentando um bom futebol.

    ResponderExcluir
  12. Sim teams, espero que o marcos assunção continue mitando e n seja afetado pelas barbaridades do palmeiras.

    ResponderExcluir
  13. Marcos Assunção é o unico jogador sóbrio do Palmeiras, tomara que surjam outras peças do Palmeiras para nós apostarmos.

    ResponderExcluir
  14. Mesmo Guarani jogando em casa, Ponte Preta tem um time melhor, acho que dá Ponte.

    ResponderExcluir
  15. sim gates, vai dar ponte a ponte vem se preparando bem, é um grande time.

    ResponderExcluir
  16. Acho que o preço ideal para o Marcos é entre 16^20 cartoletas grande jogador.

    ResponderExcluir

Publicidade