Publicidade

Scouts de Bangu 2 x 4 Botafogo

Olá Cartoleiros!

CARTOLAFCDICAS mostrou ao vivo os Scouts de Bangu 2 x 4 Botafogo, jogo válido pelo Campeonato Carioca.
Scouters: Pedro CRF e Felipe MK
 
Se o jogo é decisivo, Loco Abreu é protagonista. Em noite de fortes emoções no Engenhão, o Botafogo fez de tudo para se complicar diante do Bangu, mas, com três gols do uruguaio, que isolou a fase irregular, passou finalmente à sua primeira final no estádio, sua casa há cinco temporadas. A vitória por 3 a 2 classifica o Alvinegro à final da Taça Rio, para enfrentar o vencedor de Vasco e Flamengo, que se enfrentam neste domingo. Lucas (contra) e Sérgio Júnior descontaram.

Não foi difícil decifrar, logo nos primeiros minutos, quem controlaria as ações do jogo. Impetuoso, o Botafogo não deu chance ao Bangu, que preferiu adotar o máximo de cautela e só sair nos contra-ataques. O problema é que a saída de bola era deficiente. Com uma marcação compacta, o time de Oswaldo de Oliveira comprovou a boa fase do sistema defensivo e neutralizou o rival.

Na frente, o lado direito era uma avenida para Lucas, que deitou e rolou sobre Renan Oliveira. Os gols só não saíram a partir de tabelas suas com Renato e Andrezinho porque os cruzamentos poucas vezes acharam o alvo certeiro. Ainda assim, Fellype Gabriel, bem colocado, esteve perto de marcar de cabeça. Em outra tentativa, o zagueiro Santiago tirou com a mão e o árbitro ignorou.

Do lado alvirrubro, o ex-alvinegro Thiago Galhardo não aproveitou a única brecha dada e isolou uma bola que caiu limpa em seus pés, na marca do pênalti. Durante o tempo técnico, o volante Renato colocou uma proteção no pé esquerdo e passou a preocupar. Bastaram dois piques para ver que não dava mais, e Maicosuel entrou. Assim, Fellype foi recuado para ajudar Marcelo Mattos.

O temporal no Rio cessou na hora da partida, mas a chuva de oportunidades continuou. Sem dar margem para críticas de outrora, o Glorioso explorava a fragilidade do adversário, que não pareceu a equipe consistente do turno, e jogava o fino. Aos 30, Loco Abreu serviu Fábio Ferreira, que desperdiçou, cara a cara com o goleiro. Agora, Márcio Azevevo também era acionado, e a pressão se pressionou em gol. Depois de escanteio de Andrezinho, o zagueiro devolveu a gentileza e só escorou para o uruguaio completar e abrir o marcador, para o alívio da torcida, aos 41.

Na volta do intervalo, Cleimar Rocha tentou resolver os espaços atrás, com a entrada do lateral Gedeilson no lugar do meia Gabriel Galhardo, irmão do mais famoso. Mas sua estratégia foi por água abaixo quando, em novo passe preciso de Andrezinho, Loco abriu caminho e meteu a cabeça nela, vencendo Willian Alves, que chegou muito depois e saiu mal na foto.

A vantagem, porém, não durou. Em cruzamento despretensioso do Bangu, Lucas desviou errado e marcou contra: 2 a 1. A apreensão cresceu, mas o Botafogo soube controlar os nervos e seguiu melhor. Para virar show e pedir música no Fantástico, Loco voltou a brilhar, deixando claro que decisão é com ele. Aos 14, fuzilou a meta, novamente pelo alto e levou o público à loucura.

Mas o Bangu era valente e não esmoreceu. Deu orgulho à seus fiéis torcedores, apesar de ter marcado seu segundo também em jogada esquisita. Em lançamento longo, somente Sérgio Júnior partiu, Jefferson foi indeciso na dividida, e o camisa 9 deu ares de drama a então festa no Engenhão. Faltavam vinte minutos, e o Bangu foi para cima definitivamente. Deixou de ser franco-atirador para oferecer ao Alvinegro o papel de contragolpeador, que o aceitou perigosamente.

Com o duelo aberto, a partida esquentou e Thiago Galhardo acabou expulso por falta no meio de campo. Logo em seguida, Loco teve a chance de carimbar o passaporte à final, mas... errou o sexto pênalti em sete cobranças, desde o ano passado. Desta vez, um chute forte à esquerda. Vez por outra, o Alvirrubro assustava, mas Jefferson se redimiu.

E, já nos acréscimos, quando o rival não tinha mais forças, Maicosuel resolveu, em novo contra-ataque: 4 a 2 . O Botafogo estava em sua primeira decisão no Engenhão.

Fonte: Globoesporte.com

14 comentários:

  1. Fellype Gabriel será uma boa aposta, e Andrezinho tbm, com suas assistências e bola parada !!

    ResponderExcluir
  2. Finalmente o botafogo mostrou o time que tem, elkeson não esta jogando o que ele joga normalmente, mas certamente ele voltara a mitar e sera otimo no cartola.

    ResponderExcluir
  3. Nada mais do que uma grande vitória do Botafogo sobre o Bangu.
    Louco Abreu MITO, marcando 3 Gols.

    ResponderExcluir
  4. Aposta para o Cartola é o Andrezinho ex-Internacional, sem marcar nenhum Gol fez 14 Pts, Marcio Azevedo, Marcelo Mattos e Fellype Gabriel Apostas para o Cartola.

    ResponderExcluir
  5. Valeu, aos Scouters Pedro-CRF e Felipe_MK, Felipe_MK seu segundo jogo nos Scouts e Fazendo um bom trabalho.
    Parabéns aos 2! Pedro-CRF e Felipe_MK

    ResponderExcluir
  6. E Loco Abreu segue perdendo pênaltis...

    ResponderExcluir
  7. Se o Botafogo não ganhasse tinha que se matar!

    ResponderExcluir
  8. nossa vey pensei que o botafogo ia perde, loco Abreu mitando mais uma vez, espero que ele continui assim no brasileirão!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo texto e pelo scouts fico da hora!

    ResponderExcluir
  10. Sim, o Loco abreu mitou muito, espero que ele seja muito mito no cartola de 2012.

    ResponderExcluir
  11. Botafogo entrou com a obrigação de vencer, não deve se glorias desse resultado.

    ResponderExcluir
  12. e inaltecendo o Bangu, que depois de muitos anos voltou a disputar uma semi-final de turno carioca.

    ResponderExcluir
  13. Agora vamos acompanhar Vasco x Botafogo na final, acho que será um grande jogo.

    ResponderExcluir

Publicidade