Publicidade

Scouts de Oeste 0 x 3 Corinthians

Olá Cartoleiros!

O CARTOLAFCDICAS.COM mostrou ao vivo os Scouts de Oeste 0 x 3 Corinthians, pelo Campeonato Paulista 2012.


No dia em que Liedson acabou com um jejum de 13 jogos sem gols e que Willian voltou a marcar após duras críticas por um incrível gol perdido contra o Guarani, o Corinthians venceu o Oeste por 3 a 0, pela 17ª rodada do Campeonato Paulista. A partida foi realizada em Presidente Prudente, no interior do estado.

Antes deste domingo, a última vez que Liedson havia balançado as redes foi na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, na vitória sobre o Figueirense. De lá para cá, ele (que chegou a marcar num amistoso com o Flamengo, em janeiro) contou muito com o apoio do técnico Tite, que em nenhum momento ameaçou tirá-lo do time.

Para o Oeste, a derrota acaba com sequência de quatro jogos de invencibilidade. Mesmo assim, com 19 pontos, o time de Itápolis segue na zona intermediária da tabela. O Corinthians, por sua vez, vai a 40 e assume provisoriamente a liderança. Agora, fica a torcida para o São Paulo tropeçar no Ituano.

Sem jogo pela Libertadores neste meio de semana, o Corinthians só volta a campo pelo no próximo domingo, às 16h, contra o Paulista, no estádio do Pacaembu. O Oeste joga no sábado, às 18h30m, diante do Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Novamente no time titular, o reserva Douglas iniciou a partida comandando o Corinthians. Dos seus pés saíram as melhores jogadas do Timão nos primeiros dez minutos. Ele deixou Danilo e Paulinho em condições para bater de fora da área. Mas os dois arremates foram ruins.

Soberano na partida, o Corinthians não deu espaço ao Oeste. Manteve o time de Itápolis pressionado no campo de defesa. E foi assim, induzindo o rival ao erro, que criou uma de suas melhores chances. Aos nove minutos, Emerson pressionou o zagueiro, ficou com a bola e chutou em cima de Zé Carlos.

Sheik, aliás, foi o melhor jogador do Corinthians no primeiro tempo. Pelo lado esquerdo, atormentou os defensores do time rubro-negro. O problema do Timão era não conseguir chegar à área em condição de finalizar. O volume de jogo era bom, mas as chances apenas em arremates de fora da área.

Se a partida já não estava das melhores para o Oeste, ficou ainda pior aos 32 minutos, quanto Neno foi expulso por falta em Paulinho – ele já tinha amarelo. Mesmo assim, a equipe de Itápolis quase abriu o marcador aos 45, com Marcinho Beija-Flor. Ralf, bem colocado, impediu o gol.

Xô, zica!

Na volta para o segundo tempo, o Corinthians não só fez a bola rodar mais como também mexeu no placar. Logo de cara, aos três minutos, Emerson teve chance após escanteio de Douglas. Mas Zé Carlos defendeu. Em ótima tarde, Sheik não desistiu e, minutos depois, foi fundamental no lance do gol.

Aos dez, Douglas partiu para cobrança de escanteio. Sheik, então, se aproximou, bateu cruzado e encontrou Liedson, bem colocado na pequena área. O atacante completou para a rede e acabou, enfim, com o jejum que já durava 13 jogos. Antes, seu último gol tinha sido contra o Figueirense, no Brasileirão 2011.

- Estou aliviado. Agradeço a todos que me apoiaram durante esse período - vibrou o Levezinho.

Por muito pouco, a felicidade do Corinthians não acabou no lance seguinte, aos 14. P Oeste chegou com Marcinho, Julio Cesar defendeu, e no rebote Wanderson, com o gol vazio, mandou para fora. A resposta do Timão, porém, veio da melhor maneira possível: mexendo no placar.

Aos 18, Liedson roubou a bola de Fernandinho no meio-campo, avançou no contra-ataque e serviu a Willian, que bateu rasteiro para fazer 2 a 0. Com essa vantagem, o ritmo alvinegro caiu um pouco, mas a equipe da capital continuou com o domínio total da partida.

Vez ou outra, o Corinthians tinha alguns lampejos, como aos 26, quando Fábio Santos cruzou, Willian cabeceou e Liedson tentou. Nas duas finalizações, Zé Carlos salvou. Mas o Timão insistiu, e Liedson marcou mais um, aos 45. Ele recebeu na grande área e bateu colocado para dar números finais aos triunfo alvinegro.

Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade