Publicidade

Scouts de Portuguesa 0 x 2 Santos

Olá Cartoleiros!

O CARTOLAFCDICAS.COM mostrou ao vivo os Scouts de Portuguesa 0 x 2 Santos, pelo Campeonato Paulista 2012.
Com um primeiro tempo ruim e um futebol apenas para o gasto na segunda etapa, o time reserva do Santos venceu a Portuguesa por 2 a 0, neste domingo, no Canindé, e ultrapassou o Palmeiras na tabela do Campeonato Paulista. Os três pontos levaram o Peixe para a terceira colocação, com 36 pontos, um a mais do que o Verdão, agora quarto colocado.

Mesmo sem as suas principais estrelas, poupadas, a equipe da Vila conseguiu se impôr e encurralar a Lusa, que além de amargar a derrota ainda teve de ouvir vaias da torcida pela má fase - com 17 pontos, a Portuguesa segue próxima da zona de rebaixamento. Entre os reservas do Alvinegro, Felipe Anderson e o trio de zagueiros, formado por Rafael Caldeira, Bruno Vinícius e Bruno Rodrigo, foram os destaques - Caldeira ainda abriu o placar, marcando seu primeiro gol com a camisa do Santos.

- Esses jogadores que não vêm atuando estão de parabéns. Do Aranha ao Dimba, todos foram maravilhosos e coroados com a vitória - comentou Elano, capitão santista neste domingo.

A Portuguesa agora se prepara para encarar o Linense, no próximo sábado, às 18h30m (de Brasília), no mesmo Canindé, tentando se afastar do grupo dos quatro últimos colocados do Paulistão. O Santos, por sua vez, "desliga" o chip do estadual para se concentrar novamente na Taça Libertadores. Nesta quarta-feira, o Peixe enfrenta o Internacional, às 21h50m, no Beira-Rio, pelo Grupo 1.

Lusa pressiona em primeiro tempo fraco

A Portuguesa bem que tentou pressionar e até impôs uma "blitz" no início. Com menos de um minuto, Luis Ricardo, encontrando facilidade para chegar ao fundo, cruzou na medida para Ananias. A cabeçada obrigou Aranha a evitar o primeiro gol. Na sequência, a Lusa seguiu rondando a área do Santos, virando a bola de um lado para o outro, mas com pouca objetividade.

Do outro lado, o Santos tinha dificuldade para sair jogando. O técnico Muricy Ramalho optou por escalar três zagueiros, a fim de minimizar a falta de entrosamento de seu time alternativo. A ideia era ter uma equipe compacta, mas ela acabou ficando presa. O resultado: chutões em sequência de Rafael Caldeira, Bruno Rodrigo e Vincius Simon, para o desespero do treinador.

Nas outras poucas chances da Portuguesa, Guilherme e Ananias arriscaram de longe, sem sucesso. No Peixe, apenas jogadas mal executadas e uma finalização sem rumo.

Peixe acorda e vence

O Santos voltou melhor para a etapa final, e logo aos quatro minutos abriu o placar. Na bola parada, sua especialidade, Elano cobrou escanteio pela direita e achou Rafael Caldeira, que escorou para as redes. Na emoção por ter marcado seu primeiro gol pelo Santos, o zagueiro se enrolou ao tentar tirar a própria camisa, que não saiu de seu corpo durante a comemoração.

Impondo seu ritmo, o Peixe passou a mandar na partida. Felipe Anderson, o mais lúcido na etapa inicial, comandava as ações. Primeiro, fez boa jogada individual, trazendo da esquerda para o meio, e soltou o pé de fora da área, obrigando Rodrigo Calaça a fazer boa defesa. Depois, o jovem meia fez a jogada do segundo gol, novamente pela esquerda. Após deixar os adversários para trás e invadir a área, ele só rolou para Dimba completar para o gol vazio, aos 13 minutos.

Àquela altura, a torcida da Portuguesa já tinha perdido a paciência. Irritados com o desempenho do time, os fanáticos protestaram com gritos de "vergonha", "queremos jogador", "raça", "time de pipoqueiro" e até xingamentos destinados ao presidente Manuel da Lupa. Prova clara de que não era o dia da Lusa foi o gol perdido por Henrique, digno do Inacreditável Futebol Clube. Sozinho e quase dentro da pequena área, após receber ótimo passe de Diego Souza, o meia finalizou em cima de Aranha.

Na sequência, outra ótima intervenção do goleiro reserva, evitando gol certo de falta do lateral-esquerdo Ivan. A tentativa de reação da Lusa ficou nisso. O Peixe soube administrar os minutos restantes. Vitória importante para o Peixe, que ultrapassou o rival Palmeiras, e derrota preocupante para a Portuguesa, ainda próxima zona do rebaixamento.

Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade