Publicidade

O que rolou na 23ª rodada

Diante do pior público do Campeonato Brasileiro 2012 até o momento, Atlético-GO e Portuguesa se enfrentaram pela 23ª rodada. As duas equipes tentaram a vitória, mas decepcionaram os 891 torcedores que pagaram o ingresso e compareceram ao Serra Dourada na noite de domingo. O empate de 1 a 1 aumentou o drama e complicou ainda mais a vida do Dragão, que não vence há cinco jogos e segue na lanterna, com 17 pontos. Já a Lusa permanece na 11ª colocação, com 29.

O Engenhão, local do confronto entre Botafogo e Náutico, foi o palco do golaço e do frango da rodada. O entrosamento entre Andrezinho e Elkeson foi decisivo para a vitória do Glorioso por 3 a 1. Antes do primeiro minuto de jogo, o meia Elkeson, que virou o principal atacante na equipe de Oswaldo de Oliveira, abriu o placar com um golaço de letra, o segundo gol mais rápido deste Brasileirão. Na segunda rodada, Lincoln, do Coritiba, marcou aos 29 segundos da etapa inicial na derrota por 3 a 2 para o próprio Botafogo. Já o frango ficou por conta do goleiro Gideão, do Timbu, que aceitou um chute sem muita força de Andrezinho.

Suspenso pelo STJD, o meia Bernard já se preparava para acompanhar de casa o duelo entre Atlético-MG e Palmeiras. No entanto, um efeito suspensivo fez a jovem revelação entrar em campo e decidir o jogo para o Galo, no Independência. Com dois gols do jogador, o time mineiro venceu o Palmeiras por 3 a 0 e se manteve na cola do Fluminense. Outro que teve papel de destaque na vitória do Alvinegro foi o goleiro Victor. Aos 42 minutos da etapa final, o camisa 83 fez grande defesa após lançamento da direita. Além desta, o arqueiro fez mais quatro defesas difíceis. Pelo Palmeiras, o chileno Valdivia teve dificuldades para se desvencilhar da forte marcação da equipe adversária e sofreu 10 faltas.

Na 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, 53 cartões (48 amarelos e cinco vermelhos) foram mostrados pelos árbitros. No Beira Rio, o duelo entre Internacional e Fluminense (vitória de 1 a 0 para o Tricolor) contribuiu bastante para a conta. O árbitro Wilton Sampaio foi quem mais puniu os indisciplinados. Ele advertiu 11 jogadores - três (Nei, Fabrício e Leandro Euzébio) foram expulsos. Pelo time da casa, Dagoberto ainda protagonizou o drible mais bonito da rodada. Com cinco desarmes, Elton foi responsável pelo maior número de roubadas de bola ao lado de Willian (Coritiba), Paulo Miranda (São Paulo), Adriano (Santos), Douglas (São Paulo), Elton (Internacional) e João Vítor (Palmeiras).



Fonte : Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade