Publicidade

Unanimidades da Rodada 15 do Cartola FC

Unanimidades da Rodada 15 do Cartola FC
É, cartoleiros... a ultima rodada não foi fácil, muita gente com pontuação baixa e diminuição do patrimônio. Grandes jogadores como Kaká, Conca e Bayer decepcionaram geral. Mas bola para frente que é pra frente que se segue. Abaixo algumas dicas de jogadores que poderão ter vida facilitada por jogar em casa e pegar times que não estão bem no campeonato. A maioria favorito por suas médias e histórico durante o campeonato no Cartola FC.

Grohe (Grêmio) - vem fazendo uma otima temporada pelo Grêmio e tem se destacado por grandes defesas. Na última rodada foi mal, mas ainda tem muito crédito com os cartoleiros. Vai jogar contra o pior ataque da competição que é o do Criciúma, marcou em 14 jogos somente 9 gols. Apesar de não ser garantia de várias defesas dificeis, tem a questão do saldo de gol e pode fazer uma ou outra DD.

Cleber (Corinthians) - simplesmente a melhor defesa do campeonato com apenas 6 gols sofridos e várias roubadas de bola acumuladas durante o campeonato, Cleber tem a oitava melhor média de pontuação entre zagueiros e vai jogar em casa contra o ataque do Bahia que fora de casa tem feito poucos gols.

Ricardo Goulart (Cruzeiro) - um dos jogadores mais regulares do campeonato, apesar de vir de duas rodadas fracas, tem grande potencial para pontuar, sua média de pontos é uma das mais altas do campeonato (7.41) e no Cruzeiro, na maioria das vezes que jogou em casa, ele pontuou bem.

Petros (Corinthians) - volante com a maior média de pontos e o maior ladrão de bolas do campeonato. Petros é garantia de pontos em qualquer partida, como volante toma poucos cartões e é considerado o Williams desse ano no Cartola FC.

Caio (Vitória) - vem se destacando não somente por causa dos gols, mas também por assistências. Vai jogar em casa contra a mediana zaga da Chapecoense que ja levou 15 gols no campeonato. Entre os atacante, possui a nona melhor média e tem tudo para fazer uma ótima partida na Bahia.

Boa sorte a todos!
 Rafael B. Neiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade