Análise da Rodada #5 - Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Cada Jogo



Fluminense x Cruzeiro

Fluminense – Já vimos muitos jogadores “viverem de lampejos”, mas treinadores são poucos. Na velocidade insana e cruel das redes sociais, as críticas viram elogios em 45 minutos, como no jogo de Porto Alegre, quanto mais de um jogo para o outro, agora Diniz voltou a ser o do jogo do toca, toca toca e não dá em nada. Contra o Botafogo o volume continuou, porém, o time pecou nas finalizações e tomou o castigo do cirúrgico Botafogo.

Cruzeiro – O sempre favorito, o “queridinho” das análises, segue na sua toada nos pontos corridos, nos “confrontos diretos” não vence, o que sua torcida teme é que seja mais um ano de 10ºlugar, não passa sufoco nenhum, mas não consegue chegar no pelotão da frente (em mata-mata é equipe é MUITO BOA, porque o time e o elenco são MUITO BONS). Contra o Internacional, jogo no estilo Mano Menezes, fechadinho e buscando um contra-ataque, no 1º tempo equilibrou as ações, porém no 2º ficou acuado, e a pressão foi tanta que o time mineiro ficou acuado, e aí não conseguiu encaixar os contra-ataques, o resultado de 1 x 3 foi merecido.

O Fluminense, TEORICAMENTE, é um adversário que “casa” o estilo de jogo, uma roubada de bola e a ligação de um contra-ataque deve ser a aposta de Mano Menezes, além do jogo aéreo que é muito forte no time celeste.

Obs.: Trata-se de um “playoff” os times duelarão 3 vezes seguidas, portanto, as análises ficam comprometidas, pois, os times passam a se conhecer e inconscientemente emular o jogo do adversário. As escalações também ficam ainda mais imprevisíveis nesse caso também

Mito e Cilada do Cartola

Fluminense
Mito: Yony Gonzalez – Vai que o Viola Colombiano apronta e faz 1 ou 2 gols.
Cilada: Ganso – Preciso explicar?.

Cruzeiro
Mito: Fred – NÃO SEJA IMEDIATISTA, artilheiro, melhor centroavante brasileiro da década e pros que acreditam ainda tem a Lei do Ex.
Cilada: Léo – Vai que o Carrossel Encantado do Professor Diniz resolva fazer gol, e o Léo é um zagueiro bem razoável e não rouba muitas bolas.



Palmeiras x Santos

“Em clássico não tem favorito”, essa antiga e repetida frase, pode parecer um 11ºMandamento que Moisés (não o volante palmeirense) esqueceu de colocar na tábua, sei que talvez a sua criação possa me xingar nesse exato momento, mas, tem favorito sim, e o favorito é o Palmeiras. “Mas o Palmeiras foi muito mal no Campeonato Paulista”, se você acha que 1 derrota em 16 jogos e apenas 6 gols sofridos é uma má campanha, então, imagina o que é a boa, sempre bom ressaltar que a eliminação ocorreu após 2 empates em 0 x 0.

Dito tudo isso, o Santos é um dos times que mais ameaçam a invencibilidade palmeirense, pois, o seu estilo de jogo pode fazer o alviverde sair da sua zona de conforto e perder o controle do jogo. Porém para isso, a roleta Sampaoli tem que cair no dia inspirado, a formação personalizada para cada adversário, ser bem esquematizada, e o seu ataque extremamente veloz encaixar.

Palmeiras é favorito, como é contra qualquer time brasileiro, mas o Santos pode “dar jogo”, e é sim uma real ameaça

Provável Escalação:
Palmeiras – Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomes e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga; Zé Raphael, Dudu e Deyverson.

Santos – Vanderlei; Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Pituca, Sanchez, Soteldo e Jorge; Rodrygo e Sasha.

Mito e Cilada do Cartola
Palmeiras
Se você está em Nárnia e não está acompanhando as notícias (o que faz muito bem), o Palmeiras não está participando do Cartola.

Santos
Mito: Vanderlei – Sempre a ESCOLHA CERTA, e nesse jogo, a bola deve chega mais, então, a chance de DDs é maior, além disso, o ÓTIMO goleiro Santista, é “mão-de-pau” o que chama a atenção dos scoutistas do Cartola.
Cilada: Rodrygo – O quase sempre improdutivo ponta santista não é uma boa escolha, ainda mais em um Clássico.



Atlético MG x Flamengo

Atlético MG – Nem luxo, nem lixo. O Atlético não é um time fraco, envelhecido e blablablá, como a PATÉTICA campanha na Libertadores e a derrota no sempre destrutivo estadual sugeriu e também não é o principal time do Brasil, assim como a liderança ilusória após enfrentar 3 times da parte de baixo da tabela indicou, o Atlético é isso, um time FORTE, com um elenco limitado, e que está num “Pote 2” na “Hierarquia” do Brasileirão.

Nos pontos corridos, existe uma lei inexorável, se um time teve uma sequência fácil, em um dado momento terá uma sequência difícil, resta ao Atlético vacinar-se contra o vírus do imediatismo, muito embora, não há antidoto melhor do que somar pontos.

Flamengo – A neurose da eliminação na Libertadores foi adiada para no mínimo a 12ªRodada, até lá o rubro-negro pode acumular pontos sem surtar, o time reserva somou pontos importantes, nenhum jogador importante machucado, Flamengo segue firme e forte nesse início de campeonato, e a vitória contra o Corinthians na Copa do Brasil para o Flamengo que é muito apegado na parte emocional, trás confiança.



São Paulo x Bahia

Consistência, resiliência, calma e aquela dose de sorte que não faz mal a ninguém. Essa combinação ocorreu no 1ºturno ano passado e parece que nesse também, porém, existe outra semelhança, só que essa não positiva, a escassez do elenco, o clube deu uma empolgada e está achando que vai lançar 10 jogadores da base, e os 10 serão bons o suficiente para ocupar uma vaga no elenco, o que matematicamente é MUITO DIFÍCIL, casos como o do Barcelona de Xavi e Iniesta e do Ajax atualmente, são MUITO RAROS.

Para o jogo contra o Bahia, Cuca contará com a volta do principal jogador do elenco, Alexandre Pato, que nessa volta vem jogando tanto como atacante quanto como meia de criação, muitas vezes brecando a passada para receber a bola fora da área e servir os companheiros.

O Bahia, busca sair da mesmice de ganhar em casa e perder fora e “surpreender” o São Paulo e buscar ponto fora de casa (apesar de que, o aproveitamento de 50%, o colocaria em uma posição melhor, ano passado seria 7ºLugar)

Obs.: Trata-se de um “playoff” os times duelarão 3 vezes seguidas, portanto, as análises ficam comprometidas, pois, os times passam a se conhecer e inconscientemente emular o jogo do adversário. As escalações também ficam ainda mais imprevisíveis nesse caso também

Mito e Cilada do Cartola

São Paulo
Mito: Alexandre Pato – Finalizador e agora assistente, enormes chances de fazer gol ou dar uma assistência.
Cilada: Liziero – Muitas faltas e poucas roubadas de bola, além de aparecer de maneira pouco efetiva no ataque.

Bahia
Mito: Gilberto – Se você acredita na Lei do Ex, essa é a sua chance.
Cilada: Ezequiel – Na verdade, é mais uma incógnita do que uma Cilada, o estreante lateral está custando 4 Cartoletas, ainda não se sabe completamente o algoritmo de valorização, como ele não tem média, uma atuação ruim, além da pontuação, traria um prejuízo maior de Cartoleta.


Internacional x CSA

Internacional – Consistência, o famoso time encardido, contra o CSA, o Inter não deve ter dificuldade, a expectativa e a realidade são os 3 pontos.

CSA – Surpreendente, ainda não venceu, mas os 3 pontos conquistados e a “série invicta” surpreendem, apenas 1 gol sofrido desde a estreia (ok, apenas 1 gol feito), o Once Caldas Alagoano espera mais uma vez chocar o Brasil, com mais um empate.

O CSA terá duas mudanças no time titular: as entradas de Patrick Fabiano no ataque, e do experiente lateral-esquerdo Carlinhos que trás qualidade a equipe

Provável Escalação:
Internacional – Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Lindoso, Edenílson, Nonato, D’Alessandro e Nico Lopez; Guerrero.

CSA – Jordi; Apodi, Gerson, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Nilton, Didira, Matheus Sávio e Madson; Patrick Fabiano.

Mito e Cilada do Cartola

Internacional
Mito: Guerrero – Se você deseja escalar o Guerreiro em algum jogo, COM CERTEZA, esse é o ideal.
Cilada: Moledo – Internacional 5 x 1. Do que adiantou escalar o zagueiro colorado?

CSA
Mito: Apodi – No scout é um lateral, na prática um ponta, por isso, o Sorín do Sertão, tem essa vantagem, aparece muito ofensivamente e se o time não tomar gol recebe os 5 pontos de bônus
Cilada: Jordi – O goleiro não é nem um pouco confiável (o torcedor vascaíno sabe muito bem disso), podendo perfeitamente tomar mais gols do que fazer Defesas Difíceis.


Athletico PR x Corinthians

Atlhetico – Um grande desafio para o estilo de jogo do time de Tiago Nunes, o time de futebol rápido, objetivo e de volume de jogo (quando joga na Arena da Baixada), tentará quebrar o jogo truncado e amarrado do Corinthians.

Corinthians – Contra o Flamengo, Carille apostou pela 1ªvez na mudança da formação da equipe, pela 1ªvez o time saiu do default 4-2-3-1 para um 4-4-2. De qualquer forma, o futebol jogado foi o mesmo, e não pense você que o Corinthians já está eliminado da Copa do Brasil, no Jokenpô Corinthiano de 0 x 0, 0 x 1, 1 x 0, dessa vez pode perfeitamente dar papel-pedra ao invés de tesoura-pedra. A pergunta é será que a mudança seguirá, ou voltará para o Porto Seguro?


Goiás x Botafogo

Goiás – O time está evoluindo, no último jogo, uma importante vitória contra um time “que disputa o mesmo campeonato”, contra-ataque interessante, time veloz, e a formação de ataque com Michael, Kayke e Barcia vem ganhando entrosamento, Marlone que entrou no lugar de Giovanne Augusto que estava suspenso, foi bem, seria interessante se os 2 jogassem juntos, pois, são bons jogadores para o time goiano, porém, para isso, teria que mudar o esquema tático, que atualmente é um 4-2-1-3.

Botafogo – O Botafogo sabiamente percebeu as suas limitações, e montou um esquema de jogo e uma postura de acordo com o seu limitado time, Eduardo Barroca em uma espécie de Jair Ventura Returns, está montando uma equipe pragmática e eficiente e com excelentes e letais jogadores na posição de ataque.

Provável Escalação:
Goiás – Tadeu; Daniel Guedes, David Duarte, Yago e Jefferson; Geovane Faria, Lucas Sena, Giovane Augusto (Marlone); Michael, Kayke e Barcia.

Botafogo – Gatito; Fernando, Carli, Gabriel, Jonathan; Bochecha, Alex Santana, Cícero; Pimpão, Erik e Diego Souza.

Mito e Cilada do Cartola

Goiás
Mito: Jefferson – Lateral que rouba MUITA BOLA, já foram 10 no campeonato, uma incrível marca de 2,5 por jogo, que para um lateral é MUITA coisa, além disso, se o time goiano não tomar gol tem os 5 pontos de bônus da defesa, além de uma hipotética assistência em algum cruzamento.
Cilada: Daniel Guedes – É o oposto do seu companheiro de posição, faz mais falta do que rouba bola.

Botafogo
Mito: Diego Souza – Faz muitos gols, decisivo, bate pênaltis, faltas e é excelente no jogo aéreo.
Cilada: Bochecha – Um bom ladrão de bolas e também faltoso, o perigo está, se o número de faltas for bem maior do que o de roubadas de bola.



Fortaleza x Chapecoense

Fortaleza – Apesar da derrota, um bom jogo, após a dúvida se o Fortaleza era um time de 1ªdivisão e se o Rogério Ceni estava preparado para a Série A e blábláblá, e a resposta é que o Fortaleza tem um time competitivo dentro das suas limitações. O time está evoluindo, no último jogo, uma importante vitória contra um time “que disputa o mesmo campeonato”, contra-ataque interessante, time veloz, e a formação de ataque com Michael, Kayke e Barcia vem ganhando entrosamento, Marlone que entrou no lugar de Giovanne Augusto que estava suspenso, foi bem, seria interessante se os 2 jogassem juntos, pois, são bons jogadores para o time goiano, porém, para isso, teria que mudar o esquema tático, que atualmente é um 4-2-1-3.

Chapecoense – A Chapecoense terá o adversário mais “acessível” até o momento, o time continua sem grandes nomes, mas, pontuando e fazendo o seu “próprio campeonato”, contra o Flamengo, mas uma EXCELENTE atuação do goleiro Tiepo, que por enquanto é o destaque da equipe no Campeonato.

Provável Escalação:
Fortaleza – Felipe Alves; Tinga, Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos; Edinho, Felipe, Juninho e Marcinho; Osvaldo, Wellington Paulista e Kieza.

Chapecoense – Tiepo; Bryan, Gum, Douglas, Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto, Régis, Renato, Alan Ruschel; Everaldo.

Mito e Cilada do Cartola

Fortaleza
Mito: Kieza – Apesar de ser considerado folclórico devido a alguns gols perdidos, o Rei do Nordeste tem faro de gols e pode deixar a sua marca
Cilada: Tinga – A mesma situação de alguns laterais, não dá assistência e comete mais faltas do que rouba bola.

Chapecoense
Mito: Tiepo – O jovem goleiro está fazendo muitas DDs por jogo, e por enquanto é o “Vanderlei” da Temporada
Cilada: Bryan – Jogador que por enquanto não parece demonstrar ser bom em nenhum fundamento do jogo, então, se a Chapecoense tomar gol, provável que sua pontuação seja 0 < x < 1.


Vasco x Avaí

Vasco – Será o inicio da redenção vascaína, enfim a 1ªvitória, a Filosôfia do Pofexô, em 5 dias de trabalho Vanderlei Luxemburgo já vai mudar o fraco futebol e como os boleiros dizem “dar um choque no grupo”, será?.

O Vasco pode contar com a volta do EXCELENTE zagueiro Leandro Castán (sua ausência fez MUITA falta contra o Santos), Danilo Barcelos expulso é desfalque que pode ser reforço com a entrada de Valdivia, quem também pode voltar ao time é o zagueiro Werley que se recupera de lesão na panturrilha

Avaí – “Quem com ferro fere com ferro será ferido”, no caso do Avaí ele tentará inverter esse ditado, tentará ferir com ferro após ser ferido com o mesmo. Após ser amarrado pelo CSA na Ressacada, tentará fazer o mesmo com o Vasco (não está sendo uma tarefa muito difícil) em São Januário.

Quem pode ser relacionado pela 1ªvez no Campeonato, é a estrela do time...DOUGLAS, a expectativa é que o Maestro entre no 2ºtempo. Se Brenner, centroavante recém contratado ao Goiás, for regularizado a CBF, começará o jogo como titular.

Provável Escalação:

Vasco – Sidão; Leandro Castán, Luiz Gustavo (Werley) e Ricardo Graça; Pikachu, Raul, Lucas Mineiro e Valdívia; Rossi, Marrony e Maxi Lopez.

Avaí – Vladimir; Iury, Betão, Ricardo Thalheimer, Igor; Pedro Castro, Mosquera, Luan; João Paulo, Getúlio e Daniel Amorim (Brenner).

Mito e Cilada do Cartola

Vasco
Mito: Máxi Lopez – Maior esperança de gols do time, maior assistente do time e batedor de pênaltis.
Cilada: Sidão – Não preciso comentar.

Avaí
Mito: Vladimir – Se você não confia no poder ofensivo do Vasco (não pensa tão errado assim), é uma boa apostar no goleiro.
Cilada: Mosquera – Por enquanto o "Rincón da Ressacada" ainda não mostrou nada.


Grêmio x Ceará

Grêmio – Não tem jeito, o Grêmio vai ter que vencer, conquistar os 3 pontos, o futebol apresentado até agora não foi ruim, não existe pressão (E REALMENTE NÃO TEM QUE EXISTIR), mas, o tricolor gaúcho já está a 8 pontos dos líderes.

O treinador terá 4 desfalques, Kannemann suspenso e Cortez, Jean Pyerre e Diego Tardelli que seguem fora por lesão. Com a suspensão de Kannemann, Renato deve improvisar Michel na zaga, como já foi feito em outros jogos

Ceará – Se não existisse acréscimo, o Ceará atualmente teria 5 pontos, porém, contra Atlético-MG e Goiás o desfecho foi o mesmo, gol no último lance em jogada aérea. Contra o Grêmio, mudança no esquema tático, Bergson entra na equipe, com isso, o time passa do 4-2-3-1 para o 4-3-3.

Provável Escalação:
Grêmio – Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Michel e Juninho Capixaba; Maicon, Matheus Henrique, Alison, Luan e Everton; André.

Ceará – Diogo Silva; Samuel Xavier, Thiago Alves, Luiz Otávio, João Lucas; Fabinho, Auremir e Ricardinho; Leandro Carvalho, Bergson e Ricardo Bueno.

Mito e Cilada do Cartola

Grêmio
Mito: Everton – O cebolinha é garantia de gols e/ou assistência.
Cilada: Leonardo Gomes – Se o Ceará fizer gol, não deve fazer mais que 0 < x < 1.

Ceará
Mito: Ricardo Bueno – É o artilheiro da equipe, e aposto que muitos não vão escala-lo porque o jogo é fora de casa, ele pode ser uma daquelas 1 ou 2 apostas por escalação.
Cilada: Ricardinho – Não está jogando mal, porém as suas ações não dão ponto no Cartola.
Análise da Rodada #5 - Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Cada Jogo Análise da Rodada #5 - Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Cada Jogo Reviewed by Daniel Leal on sexta-feira, maio 17, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Home - #3 Adsence